Cirurgias minimamente invasivas são realizadas por menores incisões e descolamentos musculares do que cirurgias convencionais. Geralmente são realizadas com recursos tecnológicos como microscopia, câmeras de vídeo, afastadores e implantes especiais. As principais vantagens de cirurgias minimamente invasivas (quando comparadas a técnicas convencionais) são: menor tempo de internação hospitalar, menor dor no pós operatório, menor taxa de infecção cirúrgica e retorno mais rápido às atividades cotidianas.

Nessa seção, você encontrará conceitos básicos de tratamentos minimamente invasivos de coluna, explicados de forma simples e descomplicada.

Hérnia de disco é problema comum que geralmente melhora com tratamento clínico. Entretanto, 1 em cada 10 pacientes (10% das pessoas) com hérnia de disco terão compressão neurológica grave e necessitarão de descompressão cirúrgica. Nessa situação, cirurgia é mais eficaz que qualquer outro tipo de tratamento. Leia mais

Estreitamento do canal lombar é o principal motivo de cirurgia de coluna em idosos. Nesse caso o médico especialista em coluna realiza descompressão do canal vertebral e liberação da pressão sobre os nervos. Entenda como é feito procedimento de forma minimamente invasiva.

Leia mais

Cirurgias endoscópicas são realizadas com uso de câmera de vídeo. Esse tipo de cirurgia é rotina em especialidades como cirurgia geral e ortopedia do joelho e do ombro. Entretanto, na coluna vertebral, seu uso é mais recente. A principal indicação para endoscopia de coluna é hérnia de disco lombar, embora possa ser utilizada para alguns tipos de hérnia de disco cervical ou estenose de canal lombar. Endoscopia de coluna é método menos invasivo com incisão menor que procedimentos convencionais. Dessa forma, endoscopia de coluna é alternativa à microcirurgia para hérnia de disco, considerada como padrão-ouro (técnica padrão que serve de comparação às demais). A literatura médica aponta que os resultados de cirurgias microscópicas e endoscópicas para hérnia de disco são semelhantes. Leia mais

Cirurgias minimamente invasivas são alternativas às operações convencionais de coluna. Ambas, entretanto, têm a mesma finalidade e as mesmas indicações médicas. Atualmente, a grande maioria dos problemas de coluna podem ser resolvidos de forma menos invasiva. Leia mais

Descompressão tubular microcirúrgica: solução minimamente invasiva para hérnia de disco e estenose do canal lombar.

O principal motivo de cirurgias na coluna vertebral é compressão nervosa lombar. Isso se traduz por dor no trajeto do nervo ciático, que começa na parte inferior da coluna lombar e se estende pela nádega, coxa, perna e pé. Não raramente, há sensação de formigamento, choque e amortecimento na perna.

Leia mais