Descompressão tubular microcirúrgica: solução minimamente invasiva para hérnia de disco e estenose do canal lombar.

O principal motivo de cirurgias na coluna vertebral é compressão nervosa lombar. Isso se traduz por dor no trajeto do nervo ciático, que começa na parte inferior da coluna lombar e se estende pela nádega, coxa, perna e pé. Não raramente, há sensação de formigamento, choque e amortecimento na perna.

As principais causas de compressão nervosa lombar são hérnia de disco e estenose (estreitamento) do canal lombar. Hérnias, em geral, acometem indivíduos mais jovens (20 a 40 anos), enquanto estenose é mais prevalente a partir da 5ª década de vida. Na hérnia de disco aguda, o tratamento conservador é eficaz em até 90% dos casos (medicações, infiltrações, fisioterapias etc.). Entretanto, na estenose do canal lombar a probabilidade de sucesso é significativamente menor: apenas 30% dos pacientes com sintomas de claudicação neurogênica terão sucesso sem cirurgia.

O princípio da cirurgia da hérnia de disco e da estenose de canal é o mesmo: aliviar a pressão externa sobre os nervos no interior do canal lombar. A cirurgia tradicional para descompressão lombar é a laminectomia clássica, onde a coluna é acessada por corte de 5 cm (ou mais) seguido de afastamento muscular. Apesar da técnica clássica ser eficaz no alívio dos sintomas, há inconveniente de dor no local da incisão, formação de hematomas, além do risco de instabilidade mecânica tardia que necessite de nova cirurgia para artrodese (fusão).

Descompressão Tubular Lombar Minimamente Invasiva

Descompressão Tubular Lombar
Minimamente Invasiva

Nesse contexto surgiram técnicas tubulares menos invasivas da coluna, realizadas através de pequenos tubos, que dilatam o músculo ao invés de cortá-lo. Há diversas vantagens comprovadas a favor das descompressões tubulares minimamente invasivas, dentre elas: menos dor no pós-operatório, menor uso de medicações analgésicas, retorno mais rápido às atividades cotidianas e menor risco de infecção (até dez vezes menos infecção do que a cirurgia aberta convencional). Após a cirurgia não são necessários drenos, é permitido andar no mesmo dia e a alta hospitalar ocorre no dia subsequente.

Assita a entrevista abaixo com o Dr. Alberto Gotfryd para o programa Bem Estar sobre Cirurgias menos invasivas da coluna

31 respostas
  1. José Eduardo
    José Eduardo says:

    Olá,sofro de hérnia na coluna lombar .já fiz de tdo e tdos os exames.
    Mas na achei ainda o tratamento.
    Preciso descomprimir o nervo.ja perdi 60 % do movimento do pé.
    Qto custa uma descompressão por vídeo?

    Responder
  2. Ricardo Pinto vieira
    Ricardo Pinto vieira says:

    Fiz a cirurgia para descomprimir o ciático, fiquei 1 ano e 2 meses com dores diárias….foi retirado a parte que estava comprimindo… levei 5 pontos… não sinto mais dores ….sinto ainda um leve desconforto na perna esquerda….estou com citoneurin 5000 e Pregabalina 75mg…..quanto tempo mais ou menos posso voltar a praticar esporte, como correr e jogar futebol?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Caro Ricardo, o manejo pós operatório varia para cada médico cirurgião. Nos meus casos, autorizo retorno pleno aos esportes 45 dias após cirurgia de descompressão lombar.

      Responder
  3. Cremilda
    Cremilda says:

    Bom dia Dr mim ajude por favor, são muitas dores nas pernas e joelho que estou sentindo , principalmente na perna direita o pé fica dormente o joelho dói muito não tem posição de alívio, trabalhava sentada o tempo todo . Como faço moro em Salvador Ba e gostaria de uma indicação médica sua.

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Sra. Cremilda, dado que você se encontra em outro estado, sugiro começarmos com uma avaliação por telemedicina. Para isso, basta acessar calendly.com/albertocoluna e seguir o passo a passo. Espero por vc.

      Responder
  4. leila silvana
    leila silvana says:

    bom dia! a minha mae uma senhora 70 anos, realizou essa cirurgia de descompressao do ciatico na L5, 40 dias depois, ao andar ficar em pe ela sente a dor da caimbra muito forte em tibia direita. oque ocasiona isso? em repouso ela nao sente absolutamente nada, em pé uma dor insoportavel que nao se sustenta em pe.
    aguardo respostas., ah! lembrando , ela ja esta realizando fisioterapia 6 sessoes, e medicada pra dor.

    Responder
  5. Elizangela
    Elizangela says:

    Boa noite, Dr. Meu pai foi diagnosticado com metástase de coluna com nódulo na lombar. Até que estágio da doença cirurgia ainda é recomendada tendo em vista que ele começou sentir espasmos na perna direita e dificuldade para caminhar?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Elizângela. O tratamento dos tumores metastáticos na coluna depende de critérios clínicos do paciente, do estadiamento da doença e também da extensão das lesões. Geralmente, a decisão entre operar, realizar radioterapia ou apenas cuidados paliativos é feita por junta médica, composta pelo oncologista e pelo cirurgião de coluna.

      Responder
  6. Luiz Carlos
    Luiz Carlos says:

    Realizei cirurgia de remoção de hérnia de disco minimamente invasiva. Tem uma semana. Nao sinto mais a dor da hérnia porém ainda sinto dormência nas pernas. Em quanto tempo passa?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Ótima pergunta a Luiz Carlos. A sensação de dormência é a última a ir embora. Isso pode levar meses, mas não costuma ser incapacitante.

      Responder
  7. Josefa Erivânia dos Santos Macedo
    Josefa Erivânia dos Santos Macedo says:

    Bom dia me chamo josefa tenho 36 anos fiz uma cirurgia de Estenose lombar havia perdido o movimento da perna esquerda e do pé, hoje tem 1 ano e um mês, ainda não recuperei todos os movimentos do pé esquerdo que seria o de levantar ainda sinto minha perna fraca, gostaria de saber quanto tempo ainda irei sentir a fraqueza na perna

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Josefa, nos casos com perda de força costumamos observar melhora no primeiro ano após cirurgias embora se descritas melhoras em até 2 anos.

      Responder
  8. Fernando
    Fernando says:

    Olá Doutor. Realizei a descompressão medular e/ou cauda equina pelo tratamento microcirurgico do canal vertebral estreito por segmento na L5S1 a 24h. Evolui bem e ja estou em casa, quase sem dor. Contudo a dormência na altura da cintura permanece, na nádega esquerda (lado onde irradiava a dor para a perna inteira) e órgãos reprodutores totalmente dormentes. Isso tende a sumir com os dias com a evolução da recuperação? Obrigado desde já.

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Caro Fernando, dormência pode demorar para desaparecer após cirurgia. De qualquer forma sugiro conversar com seu médico a respeito.

      Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Boa noite. É esperado melhora substancial da dor logo após cirurgia. Entretanto, ter alguma dor residual ou memória da dor não é incomum após nas primeiras semanas após cirurgia de hérnia de disco.

      Responder
  9. Lúcia Santos
    Lúcia Santos says:

    Olá.
    Tenho hérnia discal em L4, L5, S1, com indicação cirúrgica. Estou com pé caído desde novembro de 2020, quando tive a primeira crise. Acredita ser possível reaver a dorsiflexão após a cirurgia da coluna, sendo feito também fisioterapia?
    Obrigada.

    Responder
  10. Fabiani
    Fabiani says:

    Olá Doutor!
    Meu nome é Fabiani sofro com dor na lombar pôr conta de uma síndrome do piriforme que comprimi o nervo ciático.
    Doi do glúteo até o pé, quando tenho crise não consigo andar só com ajuda de outra pessoa para fazer tudo. Sinto dor o Ano inteiro, já tenho 12 Anos com essa dor. Essa cirurgia seria a melhor para o meu caso?
    Já fiz vários tratamentos como: Remédios, Fisioterapia, injeção na coluna, Pilates. Nada adianta.
    Já fui em vários ortopedista e Neuro cirurgião. Ninguém me dá uma solução, só remédios e alongamentos. Não aguento mais parece que minha perna está sendo arrancada de mim.

    Responder
  11. Julio Barros
    Julio Barros says:

    Olá Dr,
    Fiz uma artroplastia há 3 semanas na L4/L5 por razão de uma hérnia de disco. Como comprimia meu ciático, não conseguia andar de tanta dor.
    Após a cirurgia a dor no nervo é quase nula, porém ainda sinto dormência e inchaço na perna. É normal? Há um tempo estimado para essas sensações passarem?
    Obrigado!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.