Figulra ilustrativa do nervo ciático em amarelo.

O ciático ou isquiático é o maior nervo do corpo humano. Ele é formado na pelve (bacia), oriundo da união de raízes nervosas lombossacras (L4 a S3). O nervo deixa a pelve através da incisura isquiática maior e atravessa o quadril abaixo do músculo pirifome. Após isso, segue em direção ao membro inferior, sendo posteriormente subdividido em nervo tibial e fibular comum, promovendo sensibilidade e motricidade (força) nos membros inferiores, incluindo a região perineal, até o pé.

 

Anatomia do nervo isquiático na coluna; sintomas de compressão.

Anatomia do nervo ciático (em amarelo).

 

Saiba mais sobre a anatomia do nervo ciático.

Saiba mais sobre a anatomia do músculo piriforme.

Onde pode haver compressão do nervo ciático?

O nervo ciático pode ser comprimido e gerar sintomas neurológicos em diferentes pontos do seu trajeto. Os locais mais comuns de compressão são a coluna lombar, causados por hérnias de disco, estenose do canal lombar ou espondilolistese (escorregamento vertebral), além do quadril, quando há síndrome do músculo piriforme. O piriforme é um músculo em forma de pêra, localizado próximo à nádega, que faz parte do conjunto de músculos responsáveis pela rotação do quadril. O nervo isquiático, após emergir da coluna, trafega próximo músculo piriforme, antes de seguir trajeto para coxa e perna. Quando há inflação desse músculo (por diversas causas, como hábitos posturais ou compressão mecânica da posição sentada prolongada), o nervo pode ser comprimido e produzir sintomas semelhantes aos da hérnia de disco lombar.

Quais são os sintomas mais comuns?

Caso ocorra compressão ou inflamação do nervo isquiático, provavelmente haverá dor. Além disso, pode haver sensação de choque, formigamento e perda de força no membro. Esses sintomas geralmente ocorrem em todo o trajeto do nervo, ou seja, inicia, na  região glútea e se estendem até o pé. Os sintomas podem ser unilaterais (uma perna) ou bilaterais (ambas as pernas).

Apesar dos sintomas de compressão neural serem semelhantes (ainda que a compressão ocorra em locais distintos) o tratamento varia substancialmente. Por esse motivo se faz necessário o diagnóstico exato do problema, que é feito por meio de testes propedêuticos (realizados pelo médico na sala de exame) associados a exames de imagens (radiografias e ressonância magnética).

Assim, após encontrar o local exato do problema (na coluna ou no quadril), o  médico poderá determinar a melhor solução para o problema.

1 responder
  1. Fabio Motta
    Fabio Motta says:

    O tratamento para o nervo ciático depende muito do diagnóstico, ou seja da causa do nervo “inflamado”ou “pinçado”, e o tratamento de quiropraxia pode oferecer um tratamento natural para o nervo ciático, sendo. uito usada nos estados unidos, canadá entre outros países…
    Quiro Salus – Quiropraxia

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.