Artrodese é termo ortopédico que significa fusão de articulação, podendo ser realizada em qualquer parte do corpo, como mão, pé, tornozelo ou joelho. Na coluna vertebral, trata-se de cirurgia frequente, indicada para tratamento de espondilolistese, deformidades vertebrais, fraturas, tumores e outros.

O que é artrodese da coluna?

Artrodese significa fusão cirúrgica de duas ou mais vértebras da coluna.

Por que fazer artrodese da coluna?

As principais funções de artrodese na coluna são: estabilização mecânica (por diversas causas), correção de deformidades e controle da dor.

Quando artrodese é indicada?

As indicações mais frequentes de artrodese da coluna são:

É necessário uso de implantes para artrodese?

Não obrigatoriamente, embora a maioria das técnicas modernas seja realizada com uso de implantes metálicos. Uma das principais vantagens do uso de implantes é dispensar imobilização externa após o procedimento.

Para que serve enxerto ósseo na coluna?

Enxerto ósseo é importante por servir como “ponte” de conexão entre as vértebras operadas. Há diversos tipos de enxerto ósseo para uso na coluna. Os mais comuns são do próprio paciente, enxerto sintético e de banco de doadores (cadavérico).

Quais benefícios de fazer artrodese da coluna?

Os principais benefícios de artrodese da coluna são: melhora da dor, correção de deformidades e estabilização de doenças que cursam com instabilidade mecânica como trauma, tumores e infecção vertebral.

Quais riscos de fazer artrodese da coluna?

Complicações são pouco frequentes após artrodese de coluna. Os principais riscos são infecção (1-3%) e não-união entre as vértebras operadas (até 5%). Alguns fatores de risco para essas complicações podem ser controlados antes da cirurgia como: cessar tabagismo, controlar níveis de glicemia e otimizar nutrição. Complicações neurológicas são consideradas raras.

Artrodese por região da coluna

  • Artrodese cervical: Pode ser realizada tanto por via anterior, chamada internacionalmente de ACDF (anterior cervical discectomy and fusion / discectomia e fusão cervical anterior) quanto posterior com parafusos metálicos.

Radiografia de artrodese cervical anterior.

  • Artrodese dorsal ou torácica: Feita principalmente por via posterior com uso de implantes metálicos, como parafusos pediculares ou ganchos. São exemplos de indicação de artrodese torácica: correção de escoliose (foto) e estabilização de fraturas com instabilidade mecânica.

Radiografias de cirurgia de correção de escoliose torácica e lombar.

Artrodese lombar: principais tipos

Indicada principalmente em casos de instabilidade mecânica como escorregamento vertebral (espondilolistese). Existem diversos tipos de artrodese lombar, sendo que o nome da técnica deriva da via de acesso cirúrgica (pelas costas, pela lateral do tronco ou pelo abdome). Dessa forma, são exemplos de artrodese lombar: técnica póstero-lateral, TLIF, OLIF, LLIF ou ALIF. As indicações de cada técnica variam de acordo com o caso.

Radiografia de artrodese lombar.

Existe opção de artrodese minimamente invasiva?

Sim. Existem alternativas menos invasivas de artrodese, feitas com menor manipulação muscular e, consequentemente, recuperação mais rápida que cirurgias convencionais.

Como é o pós-operatório de artrodese?

O manejo pós-operatório depende da extensão do problema e da cirurgia, do diagnóstico e do número de vértebras acometidas. De maneira geral, não há necessidade de repouso após o procedimento. Pode haver algum desconforto no local da cirurgia, em particular, nas primeiras 3 a 4 semanas, que pode ser controlado com medicações analgésicas.

É necessário retirar os parafusos da coluna?

Não há necessidade de retirada rotineira de implantes da coluna.

Quem fez artrodese pode fazer esportes?

Nas primeiras semanas após a cirurgia deve-se evitar carregar peso ou fazer esforços excessivos. Esportes são liberados à medida que ocorre cicatrização óssea (fusão). Ao final do processo de consolidação óssea não há restrição de movimentos.

Veja também:

63 respostas
  1. Micaella Fernandes
    Micaella Fernandes says:

    Olá, doutor Alberto. Eu sofri um acidente de carro há 8 anos e fui submetida a uma cirurgia de artrodese cervical entre a c5 e a c7, desde então tenho formigamento no dedo anelar da mão esquerda que melhorou com o tempo, mas nunca desapareceu. É comum ou pode demonstrar outro problema?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Micaella, não é raro haver formigamento residual na ponta dos dedos. Se não houver nada além disso, não vejo motivos para preocupação.

      Responder
  2. Vanessa Oliveira
    Vanessa Oliveira says:

    Fiz artrodese cervical quase um ano, agora quando vou bocejar sinto como se tivesse algo saído do lugar me sufocando, isso e normal, no mais não sinto nada isso começou agora a 1 mês, prático exercícios físicos 5 vezes por semana.

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Prezada Vanessa, não se trata de queixa comum. Sugiro retornar com seu cirurgião para ser examinada e fazer exames de imagens da operação.

      Responder
  3. Graziela
    Graziela says:

    Oi Dr. Alberto gostaria de saber um pouco sobre o procedimento que eu fiz ha cerca de 5 anos, possuo parafusos na coluna e desde então tenho muitas dores e limitações. Eu não consegui trabalho pois tenho fortes dores e preciso ser hospitalizada em algumas ocasiões, possuo muitas dores que enraízam pra perna e fortes dores na lombar o que me faz nao conseguir ficar em pé. Essas crises de dores tem ficado mais frequentes desde que tive meu filho, desde então minha mae cuida do meu filho, ja que eu nao o posso por muito tempo segura lo nem carrega lo. Entrei em um grupo e vejo frequente pacientes que se submeteram a cirurgia e possuem pcd. Ja perdi concurso público pela minha condicao a banca alegou que eu era incapaz de executar as tarefas pelo fato de minha coluna ser da maneira que é, como faço pra tentar dar entrada nesse processo ? Pelo que eu vejo das pessoas que conseguem, o primeiro passo é um laudo médico completo com o cid. Vc possui algum paciente que ja tenha entrado nesse processo ? Vc ja fez algum laudo pra essa finalidade? Preciso de um médico que me atenda pra tal finalidade.

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Graziela, seu caso merece avaliação presencial (entendo não ser situação ideal para telemedicina), além de exames de imagens variados. Após isso será possível diagnosticar o problema atual. Abraços

      Responder
  4. Wesley souza
    Wesley souza says:

    Fui submetido a cirurgia l5s1 a 3 anos e sinto dor constante no glúteo foi feito uma tomografia e foi observado uma lesão na sacroeliaca E assim foi feito uma infiltração na região, mas não tive melhoras ,agora estou sentido dor no peitoral nas costelas e em toda região das costas , os parafusos estão bem posicionados e mesmo assim o médico acha melhor eu retirar os parafusos como uma tentativa de passar a dor..oque devo fazer?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Caro Wesley, se a artrodese está bem consolidada, a opção de retirar parafusos, embora não seja frequente, pode pode ser considerada.

      Responder
  5. Roberta Evie
    Roberta Evie says:

    Boa tarde, Dr. Alberto! Estou para fazer uma artrodese da L5 e S1. Qual a probabilidade de ter que refazer esta cirurgia posteriormente? Estou com 38 anos e tenho medo de quando ficar idosa, ter limitação de movimentos e sentir está dor cíatica que tenho por conta da hérnia.

    Responder
  6. Joelmir C Martins
    Joelmir C Martins says:

    Olá… Tenho 35 anos, venho sofrendo a tempos com dores lombares e na perna direita. Possuo uma hérnia na l4l5 e instabilidade na l2l3. Tenho sofrido muito com isso. Qual a recomendação para esse caso, sendo que tenho um pouco de receio quanto a recuperação e limitações pós cirurgia?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Ricardo, orientações pós operatórias variam de acordo com cada cirurgião. Assim, recomendo tirar as dúvidas com o médico titular do caso.

      Responder
  7. Ivanilda Mattos Letuan
    Ivanilda Mattos Letuan says:

    Boa noite Dr. Fiz uma cirurgia em 2007 e refiz em 2011 para descomprimir o nervo ciático. Foi feito na L5 e S1. Hoje em dia voltou a doer irradiando para a perna esquerda. Meu cirurgião diz que não tem mais jeito e tenho que conviver com a dor. Teria uma cirurgia ou tratamento modernos para esse meu problema? Desde já agradeço a atenção.

    Responder
  8. Raquel Alcobia
    Raquel Alcobia says:

    Bom dia Dr.Alberto, Uma priminha minha com 14 anos acabou por ser operada com a técnica Astodese ( escoliose), cresceu 7 cm e passado uma semana já foi à escola.
    Eu quando tinha 13 anos fui também operada com a técnica Fusão Herrington e tive que ficar 6 meses de cama. Isso foi há 50 anos atrás, e desde então a medicina evolui muito. Como o doutor explica muito bem e em detalhe, será que me poderia dizer qual a diferença que houve entre essas 2 técnicas (tenho uma barra em inox também) para eu ter de ficar de cama tanto tempo?
    Graças a Deus nunca tive dores. Muito obrigada

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      OLá Raquel, muito interessante seu comentário. De fato a cirurgia de escoliose evoluiu bastante nesses 50 anos. A principal diferença é que as técnica modernas possuem maior poder de correção das curvas e têm maior estabilidade mecânica. Por isso dispensam repouso e imobilização externa. Obrigado pela sua contribuição no site.

      Responder
  9. Dominique
    Dominique says:

    Bom dia Dr.Alberto.
    Fiz uma cirurgia de artrodese de C5, C6 em Dezembro, mas desde a cirurgia sinto muita dor local, uma sensação que algo está me espetando.Depois de examinar o exame de raio-X meu médico acha melhor trocar o cage que foi colocado, pois acha que ficou mal posicionado.
    Isso realmente acontece?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá ALine, atualmente usamos parafusos de titânio e hastes de cromo cobalto, embora isso seja preferência pessoal do cirurgião.

      Responder
  10. LUIS MANUEL
    LUIS MANUEL says:

    Bom dia Doutor,fiz uma artrodese em l4 l5 s1 em 12 de Junho de 2018,a situação a nivel de está está estável no entanto e sempre que muda o tempo e quando passo demasiado tempo em pé ,pois a minha profissão assim o exige,tenho dores insuportáveis nas pernas e pés com formigueiro a mistura Também sinto que algo estranho se encontra na zona da cirurgia e fiquei bastante limitado a nivel de exercícios fisicos. Gostaria da sua opinião pois não consigo tomar mais analgésicos. Obrigado
    LUIS MANUEL

    Responder
  11. Rodrigo Paulino
    Rodrigo Paulino says:

    Dr. Fiz uma reabordagem em 15 de dezembro de 2021 em uma ardrodese de l4 l5 e l5 S1, onde foram refeita toda a cirurgia anterior e a ainda foi realizado um Alif, via abdômen. Porém já são 90 dias após a cirurgia e contínuo com mtas dores, estou mto arrependido te ter operado novamente pois meu quadro esta pior,.sinto a lombar toda dura, estou todo travado, encurtado, só melhora um pouco a dor sob o efeito de fortes analgésicos,.mas todo dia é essa luta. Ci na sua publicação que o tempo estimado de recuperação é de certa de 3 a 4 semanas, já entrei na 13 semana.. é normal ainda sentir tanta dor? Sem contar q antes irradiava só para a.perna direita e agora irradia para as duas..Estou tão exausto disso tudo, que estou com depressão, só tenho 41 anos não aguento mais sentir tanta dor

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Caro Rodrigo, agradeço pelo comentário. Seu caso parece mais um pouco mais complexo. Qual opinião do seu médico? Acho importante alinhar expectativas no tratamento, pois os casos variam entre si.

      Responder
  12. Ari s bitencourt
    Ari s bitencourt says:

    Boa noite dr., fiz artrodese de L4 a S1, sinto assim dores ainda; leves mas incomodas, e fui indicado a fazer cirurgia da cervical, e tambem fiz 6 cirurgias de coração hoje estabilizado , me incomoda muito pra dormir, pois forca a regiao onde se concentra a dor, teria eu de ser reavaliado, pois nao pretendo fazer essa segunda indicacao cirurgica, estando assim em estado conservador so com medicamentos, é a melhor forma a ser adotada por mim ,ou devo submeter a cirurgia?

    Responder
  13. Mario Marschner
    Mario Marschner says:

    Há 6 meses fiz cirurgia de ARTRODESE C5 C6.
    Apesar da fisioterapia, ainda não consigo caminhar sem auxílio do andador e minhas mãos e pés estão constantemente formigando.
    É normal após tanto tempo ?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Mario, imagino que você esteja em recuperação de dano neurológico. Durante o primeiro ano pode ocorrer melhora do quadro neurológico, sendo descritas melhoras até 2 anos após. Entretanto, a gravidade de cada caso está diretamente relacionada à sua recuperação.

      Responder
  14. Tiago barros
    Tiago barros says:

    Boa tarde doutor. Eu realizei uma cirurgia a uma hérnia discal em junho de 2020. Comecei a trabalhar no início deste ano. E agora noto alguma restrição de movimentos por exemplo se tentar chegar com as mãos aos pés, não consigo passar dos joelhos. Sinto desconforto e alguma dor. Gostaria saber se pode ser alguma complicaçao da cirurgia?

    Responder
  15. Tatiane
    Tatiane says:

    Boa tarde. Dr Alberto, tudo bem ? Sou técnica de enfermagem, fiz atrodese torácica, tem 7 meses com colocação de 16 pinos e 2 hastes. Qual a possibilidade deu voltar a atuar na área ou seria aposentadoria por invalidez ?

    Responder
    • Dr. Alberto Gotfryd
      Dr. Alberto Gotfryd says:

      Olá Tatiane, essa resposta depende de vários fatores que seu médico poderá avaliar para responder. De modo geral, é possível trabalhar e fazer esportes após artrodese na coluna.

      Responder
  16. Deyse
    Deyse says:

    Olá Dr. Alberto Gotfryd, há 1 ano e 6 meses minha esposa fez uma artrodese na coluna T5 T6 T7 T8, ela sente muita dor na região das costa sente muito esquentamento, ardência e as espartisidades dla é muito forte, ela tbm de vez enquanto ela tem sensações leves as vezes diz sentir alguma parte nas pernas e nós pés dla, ela toma vários remédios pra isso, e assim tenho curiosidade de saber se há alguma possibilidade dla voltar andar pois ó médico dla disse que ó líquido da medula dla ainda está no mxm canto . Atenciosamente obg!

    Responder
  17. Wallyson Allan
    Wallyson Allan says:

    Oi me chamo Wallyson eu feis artrodose lombar dia 30/01/2020 ai um dia depois o isso quebrou ai tive de fazer outra cirugia dia 05/02/2021 ai até hoje sinto dor ao virar força não tenho força na perna direita ai foi no meu médico ele falou que presciso fazer uma descompresao e retirada de síntese e normal

    Responder
  18. Nilson Santos
    Nilson Santos says:

    Olá Dr Alberto o procedimento de artrose em um paciente com radiculopatia (onde as hérnias apresentadas estão comprimindo as terminações nervosas) de 36 de idade na cervical limita seus movimentos em que faixa percentual? Os movimentos pós a consolidação da cirurgia ficam restritos ou não?

    Gostaria muito de ouvir a opinião do senhor.

    Responder
  19. Mariele
    Mariele says:

    Boa noite doutor tive acidente de carro em 2008 tive fraturas c1 c2 e c7 faço uso de artrodese cirurgia foi feito em duas etapas foi colocado encherto ósseo retirado meu quadril uma foi feito pela frente outra cirurgiao feito atrás a mais ou.menos dois anos sinto muitas dores meus ombros que vai até as mãos último exame tumogtafias que fiz constatou artropatia na c1 c2 e no.meu ombro gostaria de saber se essas dores sinto e normal ou devo fazer outro exame

    Responder
  20. juarez
    juarez says:

    Olá Dr. Alberto Gotfryd,
    Fiz uma artrodese na L5 S1 faz 3 meses tenho 4 parafuso e uma aste, sinto dores em alguns movimentos, minhas dores são bem locais (na cirurgia) meu médico diz que é a cicatrização (fibrose).
    Gostaria de saber se está fibrose é apenas uma fase de cicatrização e quanto tempo leva pra cicatrizar?, ou vou ficar pra sempre sentindo este desconforto.

    Responder
  21. Paulo
    Paulo says:

    Ola doutor!
    Fui submetido a uma artrodese lombar (coloquei 8 parafusos) devido a um acidente a 4 meses, estava me recuperando bem só que a uma semana atrás tiver um regresso ( fiz uma viagem onde fiquei em uma cama com colchão macio) depois disso comecei a sentir difículdade para anda e muita fraqueza nas pernas, e quando ando sinto alguns estalos internos, porém não sinto dor.
    Oque devo fazer?

    Responder
  22. Alessandra Aparecida Barbosa dos Santos
    Alessandra Aparecida Barbosa dos Santos says:

    Ola boa tarde! Fiz uma artrdese na coluna cervical onde foi colocado uma prótese uma placa e 4 parafusos para corrigir uma hérnia de disco mas ainda ficou mais duas hernias de disco na sequencia das vértebras e agora depois de 2 anos estou sentindo dores e formigamento nas maos e dormência mes tomando pregabalina de 75 e paco sera que preciso fazer essa cirurgia novamente ? Posso fazer alguma atividade fisica ou pilates?

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.