fisioterapia aquática como tratamento para problemas de coluna

A cada ano aumenta o número de pessoas com problemas na coluna, como dor nas costas, desvios posturais e hérnia de disco. Essas condições provocam diminuição das atividades da vida diária e piora da qualidade de vida. Isso tem levado indivíduos a buscarem diferentes métodos de tratamentos, desde os mais tradicionais aos alternativos.

A fisioterapia aquática (antes chamada de hidroterapia) é uma especialidade da fisioterapia que vem crescendo no tratamento de problemas da coluna vertebral. Sua principal característica é promover efeitos de melhora física e conforto, oferecido pela água quente (temperaturas acima de 34°C), além de possuir aspecto lúdico para o paciente.

 

Sessão de fisioterapia aquática para tratamento de dor cervical.

Como tudo que envolve água, a fisioterapia aquática apresenta vários benefícios para o corpo. Ela difere da hidroginástica, fundamentalmente por ser modalidade procurada por indivíduos com queixa de dor, dificuldade de movimento e que necessitam relaxar a musculatura. A temperatura da água, nesse caso, deve ser maior que 34°C.  Para alívio da dor e diminuição da tensão muscular, temperaturas acima de 36°C se tornam eficazes, além de favorecerem melhora da circulação sanguínea.

A flutuação é outro princípio físico da água que modifica o peso corpóreo de acordo com a área imersa. Com imersão até a região do tronco, o peso do corpo diminui cerca de 75%. Com imersão até o umbigo, reduz pela metade. Isso faz com que haja menor impacto e dor para realizar atividades como andar e correr (dentro da água). O menor impacto possibilita ao fisioterapeuta realizar atividades físicas que não seriam possíveis fora da água, acelerando o retorno às atividades funcionais do paciente.

FAQ – perguntas e respostas mais frequentes.

Posso fazer fisioterapia aquática com dor?

Sim. Essa é uma das principais indicações dessa modalidade, ou seja, controle da dor aguda.

Após melhora da dor, posso continuar com tratamento dentro da água?

Sim, após o controle da dor o fisioterapeuta prosseguirá com fortalecimento muscular da coluna, condicionamento muscular e cardiopulmonar.

Há idade mínima para fazer fisioterapia aquática?

Não existe restrição de idade. Fisioterapia aquática pode ser realizada desde crianças até pessoas idosas.

Há alguma contraindicação para fisioterapia na piscina?

Sim. O paciente não pode apresentar lesões na pele, doenças infectocontagiosas em atividade, condições clínicas instáveis, como hipertensão arterial e diabetes não controlada.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tempo de tratamento para problemas da coluna varia de acordo com o tipo e a gravidade da lesão. De modo geral, se observa melhora das dores e retorno a vida normal em 10 a 15 sessões.


Autor: Fabio Jakaitis

  • Mestre em Reabilitação Vestibular e Inclusão Social pela Universidade Bandeirante de São Paulo.
  • Graduação em Fisioterapia pela Universidade de Educação e Cultura do ABC.
  • Pós Graduação em Fisiologia do Exercício pela UNIFESP.
  • Fisioterapeuta Sênior do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Coordenador da Pós Graduação em Reabilitação Aquática e do curso de atualização em fisioterapia aquática neurológica do Hospital Israelita Albert Einstein.
  • Professor do curso de fisioterapia da Universidade Cidade de São Paulo – UNICID.
1 responder
  1. Washington Almeida
    Washington Almeida says:

    Tenho Fibromialgia é preciso de fazer hidroterapia ou fisioterapia aquática para melhor as dores intensas, como consta em Santos na Av Ana Costa tem essa modalidade aquática? Como faço para iniciar o tratamento e qual o preço dessa modalidade?
    Aguardo retorno
    Grato
    Washington

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.