Meu nome é Paula, tenho 25 anos, sou médica residente de clínica geral. Aos 12 anos de idade descobri  que tinha escoliose. Fui abaixar para amarrar meu tênis e minha mãe, que estava atrás, percebeu que tinha alguma coisa diferente na minha coluna.

Desde que descobrimos a escoliose fui a vários médicos ortopedistas. Inicialmente, fiz tratamento com fisioterapia por alguns meses, porém a curvatura da escoliose piorou, sendo necessário usar coletes. O primeiro colete era italiano e ficava escondido por baixo da roupa. Depois usei o colete tradicional tipo Milwaukee que vai até o pescoço. Também fiz RPG, pilates e academia durante todo esse tempo. Quando completei 15 anos, passei em consulta com um ortopedista em Ribeirão preto, que me orientou a retirar o colete e interromper o tratamento conservador, para aguardar a curva da escoliose se definir e se fosse necessário realizar a cirurgia. Fiz isso, porém, a escoliose piorou ainda mais e então ficou claro que precisaria operar.

Minha mãe iniciou uma busca na internet por ortopedistas que operassem escoliose, depois de muito pensar, acabamos optando por marcar uma consulta com o Dr. Alberto. Já na primeira consulta ele me orientou que seria necessário fazer alguns exames para marcar a cirurgia. Eu a princípio permaneci calma, pois sempre tive muita confiança em Deus e no Dr. Alberto. Meus pais no começo ficaram um pouco ansiosos e preocupados, mas no fim entenderam que seria o melhor. Eu queria operar, não aguentava mais a vida de colete e fisioterapia. Eram muitas sessões, o colete me incomodava fisicamente e mentalmente.

Finalmente marcamos a cirurgia em São Paulo, no hospital AACD e tudo ocorreu muito bem. A recuperação não foi tão fácil por conta da dor, porém é algo que eu faria novamente se fosse preciso, porque mudou totalmente minha vida para melhor.

Radiografias da minha coluna antes e após a cirurgia de escoliose.

 

Hoje não preciso mais de tratamento nenhum para escoliose, tudo ficou no passado. Essa história serviu para que eu percebesse o quando a Medicina é uma profissão linda e muda a vida das pessoas.

 

Sempre digo que o Dr. Alberto foi meu espelho e exemplo na medicina, tento hoje cuidar dos meus pacientes da mesma forma que ele cuidou de mim. Então minha mensagem para todas os adolescentes que estão passando pelo mesmo que eu passei é não tenham vergonha de usar um colete, nem medo de fazer cirurgia. O que vale a pena no final é você estar bem consigo mesmo. Hoje eu sou feliz operada, as vezes até me esqueço da cirurgia, porque não me prejudica em nada na minha vida, só me ajudou a superar essa fase.

Relato de caso redigido pela paciente Paula, cuja divulgação foi expressamente autorizada pela mesma.

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.